Portfólio Serviço Social 8º Semestre

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Portfólio Serviço Social 8º Semestre. Curso de Graduação em Serviço Social.

PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO
OBJETIVO: Analisar os desastres ambientais na perspectiva da sociedade capitalista

Texto 1 Não é inesperado o que aconteceu em Mariana. Primeiro, pelos alertas dados pelo Ministério Público de Minas Gerais e por especialistas. Segundo, porque a mineração é uma atividade altamente agressiva e de elevado risco ambiental. A Vale está fazendo furos e deixando rejeitos em Minas Gerais há 70 anos. Não pode, diante de um desastre dessa proporção, soltar uma nota lacônica como se não fosse sua obrigação agir imediatamente. A atividade mineradora no mundo inteiro tem uma série de procedimentos já consolidados ao longo do tempo para prevenir e mitigar desastre. Neste caso, se vê a cada novo passo da investigação que as empresas foram displicentes na prevenção e não demonstraram ter um plano de ação preparado para o caso de desastre. Prevenção e mitigação de danos é o mínimo que se pode exigir de uma empresa que lida com atividade de alto risco.

Texto 2: “Foi um acidente” — dizem. Acidente é quando o freio falha e um carro bate contra outro. Acidente é quando alguém escorrega numa casca de banana e cai de costas. Grandes desastres ambientais, como os que ocorreram em Chernobyl, Fukushima, Bhopal ou em Minamata, não são acidentes. São o resultado quase inevitável de políticas públicas equivocadas ou de estratégias privadas gananciosas, ou de ambas as coisas. Impressionou-me o depoimento de uma mulher do povo Krenak: “O rio já sabia que ia ser morto”, disse ela: “Quando a sujeira veio, ele foi subindo chorando, fazendo barulho. E minha mãe chorando junto”. Se o rio conhecia o seu destino, quem o matou também deveria conhecer — e com décadas de avanço.

Com base nos textos citados acima elabore um texto dissertativo argumentativo contemplando os seguintes elementos: 1. Desastres ambientais: qual é o preço do desenvolvimento? 2. O Modo de Produção Capitalista interfere no desenvolvimento sustentável? 3. Existem impactos na vida da população atingida por esses desastres? Como são manifestados?

  1. Antropólogas e antropólogos vêm denunciando há décadas a lógica da escolha por grandes empreendimentos de desenvolvimento, como por exemplo a construção de grandes barragens hidroelétricas, ou ainda no caso da mineração, na medida em que desde sua execução inicial, tais projetos já afetam aqueles que vivem nas localidades escolhidas, em geral povos indígenas, quilombolas, ribeirinhos, pescadores ou pequenos agricultores. A partir dessa ideia inicial e dos textos escolhidos para essa reflexão, considere as seguintes questões: Quem são os afetados pelos desastres ambientais? Quais são as prioridades da sociedade em relação ao modelo de desenvolvimento que adotamos?
  2. A Política Nacional do Meio Ambiente (PNMA) nasceu durante o período da ditadura militar brasileira, mais precisamente em 1981. Explique o contexto histórico que envolve essa produção, bem como a influência da ditadura militar nos preceitos dessa política. Olhando para os eventos de Brumadinho e Mariana, quais as rupturas e/ou continuidades que podem ser percebidas da PNMA de 1981 até a atualidade?

O Portfólio Serviço Social 8º Semestre tem um valor sugerido de R$ 50,00 (sob demanda)


Veja também: Portfólio Cozinha Vergara