73 99992-1633
apostileiros@nutef.com

Portfólio Cotidiano Sala de Aula

Oferta!

Portfólio Cotidiano Sala de Aula

R$50,00 R$30,00

6 Vendidos

Você tem 10 dias após a compra para solicitar alterações.

O modelo personalizado só poderá ser comprado via whatsapp.

Descrição

Portfólio Cotidiano Sala de Aula

Curso: Pedagogia  Semestre: 2º / 3º

Disciplinas:
• Avaliação na Educação
• História da Educação
• Teorias e Práticas do Currículo
• Sociologia da Educação
• Educação Formal e Não Formal
• Didática
• Práticas Pedagógicas: Gestão da Sala de Aula

Prezado aluno,
Seja bem-vindo a este semestre!
A proposta desta Produção Textual Interdisciplinar Individual (PTI) tem por objetivo proporcionar reflexões sobre a Relação teoria e prática no cotidiano da sala de aula, analisando a concepção teórica que embasa as ações de ensinar, aprender e avaliar em sala de aula, visto que tais fundamentos interferem na formação do sujeito. Tem por finalidade também chamar sua atenção, futuro professor, para as práticas observadas no cotidiano da escola no momento do estágio curricular, quando se dá o contato com o espaço de atuação profissional ainda na graduação. Ressaltamos que a observação e análise das práticas dos professores regentes, no campo do estágio, tem importância porque neste instante cada um de nós se posiciona a partir da própria concepção, acerca das ações de ensinar, aprender e avaliar, sendo este momento relevante por evidenciar os fundamentos que tendem a embasar nossas atividades junto aos alunos. Essa identificação tem valor porque nos chama a repensar sobre a teoria que pode vir a ancorar a ação docente, porque caso ela não atenda às necessidades atuais de formação precisam ser repensadas e ressignificadas, uma reflexão que já deve acontecer no momento da formação inicial para a docência.

Carolina e Pedro são estudantes do curso de Pedagogia e acabaram de concluir o estágio nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Nesta universidade, após a conclusão deste momento da formação inicial, acontece uma atividade de compartilhamento de experiências, em duplas, tendo em vista que o futuro professor perceba as diferentes concepções docentes que compõem o cotidiano da escola.
Dando início à atividade, Carolina fala para o colega que ao chegar na sala de aula em que efetivaria o estágio, a professora Lourdes pediu para ela se sentar na última carteira, para não atrapalhar o andamento das atividades. A estudante pontuou que a sala de aula é organizada em fileiras e os alunos não podem conversar sem a autorização da professora. Carolina também sinaliza que a professora pede para os alunos memorizarem os conteúdos, porque isso é sinal de aprendizagem, não sendo permitidos questionamentos no momento de suas explicações. A metodologia adotada pela professora se concretiza por meio da exposição de conteúdos, por isso, ela verbaliza e escreve os saberes a serem adquiridos na lousa, explicando, na sequência, como os exercícios serão realizados. Carolina também relata que o processo avaliativo se dá com a aplicação de uma prova ao final do bimestre, sendo tal instrumento avaliativo reconhecido como revelador de aprendizagens.
Pedro fica surpreso com a experiência de Carolina, muito diferente da sua. Ele pontua que a professora Melissa, regente da sala em que esteve no momento do estágio, foi bastante receptiva, envolvendo-o prontamente nas atividades já planejadas. Mas, para isso, era preciso que Pedro tivesse clareza dos objetivos a serem atingidos, o que ele entendeu ao ler o plano de aula da professora regente, que se colocou à disposição para as dúvidas do estagiário. Ao falar sobre a organização da sala, Pedro disse que os alunos se dispõem de diferentes formas, em duplas, trios ou quartetos, pois fazem muitas atividades em grupo e até individualmente, quando o interesse da professora é conhecer como cada aluno compreende os conteúdos trabalhados em sala. Pedro também destacou que a professora inicia a aula perguntando aos alunos o que eles conhecem dos temas em estudo, apresentando-os sempre a partir da realidade das crianças. O futuro professor também observou que a professora organiza, juntamente com os alunos, projetos, sendo a pesquisa um elemento essencial no incentivo ao caráter investigador e criativo dos alunos. Pedro conta que ao final do estágio questionou a professora sobre como seria a avaliação da turma, já que não presenciou nenhuma prova. A professora relatou que é um processo realizado de forma contínua que visa analisar os avanços que os alunos tiveram e os desafios que precisam ser superados no processo de ensino e de aprendizagem, mas ela explicou também que se utiliza da prova, quando necessário, para saber se os alunos estão compreendendo os conteúdos das diversas áreas do conhecimento.
Após Carolina e Pedro trocarem essa experiência de compartilhamento de vivências, foi solicitado também, como mais uma atividade que compõe o período do estágio curricular, que eles apresentassem um texto reflexivo sobre as ações das professoras, o qual deveria estar fundamentado nas disciplinas que estudaram ao longo daquele semestre na universidade. O objetivo é que eles estabeleçam a relação teoria e prática a partir da identificação dos pressupostos teóricos que embasam a ação de ensinar, de aprender e de avaliar de ambas as professoras, pensando ainda sobre como pretendem atuar, quando estiverem no exercício da docência. Para isso, eles analisaram as ações de Lourdes e Melissa, fundamentando-as a partir do que fora estudado no semestre. O texto foi organizado a partir das seguintes reflexões:
a. Em qual tendência pedagógica está embasada a prática de ensinar de cada uma das professoras?
b. Diante do observado, acerca da forma de ensinar, como elas reconhecem a aprendizagem? Ou seja, o que é aprender para cada uma delas?
c. Qual concepção avaliativa embasa a prática de Lourdes e Melissa?

E ainda, a partir de tais reflexões, eles devem também evidenciar no texto como pretendem atuar quando estiverem no exercício da docência, apresentando os pressupostos teóricos que fundamentarão suas ações de ensinar e de avaliar. E ainda, apresentar o que reconhece por aprendizagem.
Dada a situação, agora é a sua vez: coloquem-se no lugar da Pedro e Carolina, realize a leitura e o estudo do material proposto, pesquise outras referências e elabore uma produção textual que represente o texto que seria produzido por eles.


VEJA TAMBÉM:

Portfólio Crianças com Deficiência

Portfólio Moradores de Rua

Portfólio Startup Sustentável

Portfólio Open Mind

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Portfólio Cotidiano Sala de Aula”
× WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: